Os sete pecados capitais de Fábio Koff

nov-9th-2013

Postado por Ricardo Vidarte

O Grêmio conta com uma oposição bem mais crítica do que o Internacional. Por vários motivos que, agora, prefiro não referir.

A verdade é que tanto um como outro foram mal na temporada. Mesmo que o time gremista venha a confirmar vaga na Libertadores.

O Inter ganhou somente o campeonato gaúcho. E o Grêmio, mais uma vez, luta por uma vaga. Grande parte das duas torcidas demonstra-se insatisfeita. E com razão.

Mas o que tem me chamado mais a atenção é a cobrança sobre o maior presidente da história gremista, segundo os próprios torcedores tricolores.

Separei, fora de ordem de importância, algumas questões que colocam Fábio Koff no paredão.

Seriam os sete pecados capitais de Fábio Koff, ou sete perguntas que precisam ser respondidas por ele, segundo os seus detratores:

1- Quem contratou Vanderlei Luxemburgo por dois anos e, apesar da multa rescisória altíssima, o dispensou seis meses depois, dizendo que ele saiu por incompetência?

2 -Quem colocou a direção de futebol lá e contratou o diretor executivo que internamente é chamado de “despachante”? E o assessor de “motorista” do presidente?

3- Quem disse que a Arena não era do Grêmio e que tinha um fundo de investimento de 100 milhões para contratar, além de contar um jogador no cofre?

4- Quem disse que iria ganhar a Libertadores e, depois, o campeonato brasileiro, além da Copa do Brasil?

5- Quem, em 9 meses, está deixando um déficit de 75 milhões de reais, sendo que a arrecadação do clube foi igual a do ano passado?

6- Quem quebrou o Clube dos Treze e ficou longe do Grêmio durante o período que presidiu a entidade, não participando da elaboração do contrato mais relevante da história do clube com a OAS?

7- Quem está deixando o Grêmio praticamente quebrado, após menos de um ano na presidência, segundo os números apresentados no Conselho Deliberativo?

Grêmio é eliminado

nov-7th-2013

Renato Portaluppi inventou, novamente. Colocou desde o início e de uma hora para outra alguém que estava há mais de dez jogos sem começar uma partida.

Talvez, tenha sido um pedido do presidente Koff para acabar com a pressão do torcedor. Mas Zé Roberto não correspondeu, até pela falta de ritmo de jogo. Inexplicável.

Nós até achamos que o meia deve ser titular, no entanto, dentro de uma sequência de jogos. Nunca num estralar de dedos.

Apesar das invencionices ou incoerências do técnico, quase sempre antes de jogos decisivos, o time fez uma aceitável apresentação.

Criou na base da raça uma ou duas chances claras e teve três chutaços de fora da área que levaram grande dificuldade para o goleiraço Weverton.

Houve um gol anulado de Ramiro. Na verdade, o árbitro tinha apitado antes do arrremate do volante.

O carioca Marcelo de Lima Henrique deu falta de Barcos sobre o zagueiro Luiz Alberto. Não concordei com a marcação. Placar final 0 x 0.

A verdade é que o futebol gremista foi mal planejado. Sempre dissemos isso aqui neste espaço. Basta clicar e ler. Chegamos a afirmar que Grêmio e Internacional se “equimerdavam”.

Durante todo a temporada, a equipe gremista jamais correspondeu com bom futebol. Agora é lamber as feridas, aguentar a flauta dos colorados e tentar garantir a vaga da Libertadores através do campeonato brasileiro.

Grêmio só empata com o Bahia

nov-3rd-2013

Marcelo Lomba foi o primeiro destaque da tarde deste domingo na Arena. O segundo foi Zé Roberto. Finalmente o jogador reapareceu no time gremista.

A turma parecia que comemorava como se fosse um gol cada vez que ele tocava na bola. Mesmo assim, o placar ficou fechado.

Renato cedeu a pressão da torcida e de parte da imprensa. O Grêmio, se quiser ganhar do Atlético Paranaense, certamente, precisará da qualidade do meia.

Não somente dele. O treinador precisa saber da necessidade da presença, também, de Elano. Mesmo que seja para jogar apenas alguns minutos.

São dois jogadores diferenciados. O empate em zero a zero colocou o Grêmio na vice liderança do campeonato brasileiro. Mas, se o Atlético vencer o Inter, passa do Grêmio.

O Grêmio não vence desde a partida com o Corínthians, pelo campeonato brasileiro, no dia 16 de outubro. O último gol marcado pelo Tricolor foi sobre o Internacional, em Caxias, no empate de dois a dois, igualmente, pelo Nacional.

Fora das quatro linhas, o empresário de Alex Telles espera pelo pagamento de parte dos direitos econômicos do lateral, ainda para esta semana.

O Grêmio precisa pagar para obter os direitos de mais 40% do atleta. Por enquanto, somente 10% são do clube gaúcho. O restante é de investidores.

Estamos na final do Prêmio Press!

nov-1st-2013

A edição 2013 do Prêmio Press já tem os finalistas para cada uma de suas 16 categorias. Com cerca de 483 mil indicações, a distinção encerrou nesta quinta-feira, 31, a etapa de Voto Popular e Voto Profissional do Prêmio Press 2013.

A próxima etapa do prêmio será a fase de julgamento, em que um Júri de Lideranças, formado por 30 personalidades convidadas pela Revista Press, avaliará os finalistas. Os mais votados serão reconhecidos em festa marcada para 26 de novembro, no Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa.

Fico feliz de aparecer novamente entre os classificados. Sou um jornalista que tem convivido com o desafio de atuar de forma quase independente, sem qualquer vínculo empregatício. Há vários anos! Não é fácil, mas tem as suas vantagens.

Muito obrigado a todos que me prestigiaram. Sinceramente, já me sinto recompensado por ter sido lembrado. Abaixo publico a lista dos finalistas na íntegra.

ESTAGIÁRIO DE JORNALISMO DO ANO – Troféu CIEE-RS
- Douglas Demoliner – Rádio Grenal
- Eduarda Schifino – SBT
- Kalwyn Corrêa – Rádio Grenal
- Marina Pagno – Band AM
- Saimon Bianchini – Band AM

REPÓRTER DE RÁDIO DO ANO – Troféu STICC
- César Fabris – Rádio Grenal
- Cid Martins – Rádio Gaucha
- Glauber Fernandes – Band AM
- Voltaire Porto – Rádio Guaíba
- Zé Renato Oliveira – Rádio ABC/NH

REPÓRTER DE TELEVISÃO DO ANO
- Cláudio Andrade – Band TV
- Debora de Oliveira – SBT
- João Vicente Ribas – TVE
- Manoel Soares – RBS TV
- Rosane Marchetti – RBS TV

REPÓRTER DE JORNAL/REVISTA DO ANO – Troféu Sistema FECOMÉRCIO-RS
- Fabio Iasnogrodski – Jornal do Comércio
- Fernanda Pugliero – Correio do Povo
- Jeferson Klein – Jornal do Comércio
- Leticia Barbieri – Metro
- William Lampert – Correio do Povo

COLUNISTA DE JORNAL/REVISTA DO ANO – Troféu Fernando Albrecht
- Adão Oliveira – Jornal do Comércio
- Diogo Olivier – Zero Hora
- Flávio Pereira – O Sul
- Rosane Oliveira – Zero Hora
- Taline Oppitz – Correio do Povo

COMENTARISTA DE TELEVISÃO DO ANO
- Cláudio Brito – TVCOM
- Fabiano Baldasso – Band TV
- João Garcia – Band TV
- Mauricio Saraiva – TVCOM
- Ricardo Vidarte – SBT

COMENTARISTA DE RÁDIO DO ANO – Troféu Ruy Carlos Ostermann
- Fabiano Baldasso – Band AM
- Fábio Marçal – Rádio Guaíba
- Farid Germano Filho – Rádio Grenal
- João Garcia – Band AM
- Nando Gross – Rádio Gaúcha

APRESENTADOR DE TELEVISÃO DO ANO
- Carla Fachim – RBS TV
- Daniela Ungaretti – RBS TV
- Fabiano Brasil – POA TV
- Lúcia Mattos – Band TV
- Magda Beatriz – TV Pampa

APRESENTADOR DE RÁDIO DO ANO
- Antonio Carlos Macedo – Rádio Gaúcha
- Felipe Vieira – Rádio Guaíba
- Luiz Carlos Reche – Rádio Guaíba
- Milton Cardoso – Band AM
- Thiago Suman – Rádio Grenal

JORNALISTA DE WEB DO ANO
- Eduardo Pires – www.onzefutebol.com.br
- José Luiz Prévidi – www.previdi.com.br
- Paulo Gilvane – www.radioweb.com.br
- Políbio Braga – www.polibiobraga.com.br
- Ricardo Orlandini – www.ricardoorlandini.net

REPÓRTER FOTOGRÁFICO DO ANO
- Cesar Eduardo Silveira – Brigada Militar
- Daniela Xu – O Pioneiro
- Gabriela di Bella – Jornal Metro
- João Mattos – Jornal do Comércio
- Lucas Uebel – O Sul

LOCUTOR/APRESENTADOR DE NOTÍCIAS – Troféu Milton Jung
- André Haar – TV Record
- Denise Cruz – Rádio Gaúcha
- Maria Luiza Benitez – Rádio Guaíba
- Rafael Colling – Rádio Gaúcha
- Vinicius Carvalho – TVE

JORNALISTA DESTAQUE DO INTERIOR
- Eduardo Torres – Rádio Pelotense
- Julio César Souza – Rádio Caxias
- Renato Oliveira – Correio do Povo/Santa Maria
- Rodrigo Giacomet – Rádio ABC/NH
- Stephany Sander – Correio do Povo/Vale do Sinos

MELHOR PROGRAMA DE RÁDIO DO ANO
- ABC Primeira Hora – Rádio ABC/NH
- Band Repórter – Band AM
- Bom Dia – Rádio Guaíba
- Conversa de Arquibancada – Rádio Grenal
- Gaúcha Hoje – Rádio Gaúcha

MELHOR PROGRAMA DE TELEVISÃO DO ANO
- Brasil Urgente – Band TV
- Jornal do Almoço – RBS TV
- Jornal da TVE
- SBT Rio Grande Manhã – SBT
- Teledomingo – RBS TV

JORNALISTA DO ANO (Grand Prix) – Troféu SINDUSCON-RS
- Daniel Scola – Rádio Gaúcha
- Fabiano Baldasso – Band AM
- Milton Cardoso – Band AM
- Roberto Brenol de Andrade – Jornal do Comércio
- Taline Oppitz – Correio do Povo

Nós chegamos mais uma vez. Divido esta satisfação com o meu ex-colega e sempre amigo Edegar Schmidt.

Furacão arranca na frente

out-31st-2013

Postado por Ricardo Vidarte logo após o final da partida Atlético/PR 1 x 0 Grêmio

Foi exatamente como nós imaginávamos. Um jogo disputado, de poucos espaços e de muitas paralisações ou faltas. Em suma, de pouca técnica e excessiva disposição de ambas as equipes.

Deu Atlético/PR por um a zero, gol de Delatorre. Placar justo. Os paranaenses tiveram ainda duas chances com a bola andando e uma através de uma falta muito mal cobrada por Paulo Baier da entrada da área.

Dida fez somente uma grande defesa quando Delatorre ainda estava em campo. Mas o goleiro tricolor praticamente não trabalhou. O Grêmio terá condições de reverter aqui na quarta-feira da semana que vem.

Especialmente, em se considerando que Kléber e Vargas estarão de volta. Barcos não fez falta nesta noite. O adversário sentiu a ausência do atacante Marcelo.

Renato teve dificuldade na leitura da partida. Poderia ter mudado antes o seu time. Elano deveria ter entrado antes, certamente começado o jogo. Mamute é verde. Lucas Coelho, também. Zé Roberto todo o tempo de fora é lamentável.

O juizão é lento. Entre os seus equívocos mais graves, deixou de colocar na rua um jogador do Atlético, que deu um tapa no rosto de Mamute. Ricardo Marques Ribeiro é fraco disciplinarmente, na verdade.

A bolha colorada e Otávio

out-30th-2013

O polêmico ex-presidente, Fernando Miranda, se disse preocupado com a situação financeira do Internacional. Afirmou que o futebol é o que ainda há de melhor na gestão colorada de 2013.

Falou, também, na rádio Grenal, que o clube vive uma verdadeira “bolha” financeira que poderá explodir logo ali adiante. E, se estourar, as consequências, por enquanto, são imprevisíveis.

O líder do extinto movimento político, o chamado “Inter 2000″, não deu importância ao ranking divulgado em setembro pela Revista Amanhã. Que coloca o Sport Club Internacional como o maior clube de futebol do Sul do País.

Fernando Miranda questionou qual critério utilizado pela publicação para colocar o Inter numa posição de destaque no mercado nacional.

Ele não soube definir o “Valor Ponderado de Grandeza” (VPG) de R$ 314,5 milhões, em 2012. A matéria, igualmente, destaca que clube tem boa performance em ‘itens que influem diretamente na receita bruta (40% do VPG), tais como cotas de TV e vendas de atletas.

Ainda na edição desta terça do programa Café com Futebol, na rádio Grenal, o presidente Luigi pode responder sobre a preocupação do ex-dirigente. Garantiu que o Inter é um clube saudável financeiramente.

Luigi lembrou da possibilidade de vender algum jogador, no caso de uma maior dificuldade. “Otávio, por exemplo, de apenas 18 anos, é um bom exemplo de futura receita. O meia já tem despertado o interesse de vários clubes europeus”, assegurou o atual presidente.

Ainda sobre o Inter: o empresário, Jorge Machado, negou que tenha permanecido toda a semana passada tentando “costurar” a venda do centroavante Leandro Damião.

O procurador de Otávio, Evandro Schmidt, informou que o meia está sendo observado por tradicionais clubes europeus, como o Barcelona, Real Madri e Manchester United. Mas que nenhuma proposta oficial foi feita para o Internacional.

E tenho dito.

Grêmio perde de goleada

out-28th-2013

A grande questão do fiasco gremista neste domingo é saber até que ponto isso poderá influenciar na partida de quarta-feira diante do Atlético Paranaense.

A atuação foi profundamente lamentável. Mas teve a falta de sorte do gol contra do Pará com 15 segundos de partida. E, logo em seguida, Alex fez dois a zero, com menos de cinco minutos de bola rolando.

Não há esquema tático que resista dois gols tão rápidos assim. De qualquer maneira, faltou vontade e determinação. Foi um time apático. E escapou de tomar uma goleada ainda maior.

Foi a segunda derrota gremista para o Coxa no brasileiro. O Botafogo voltou a ficar em segundo. O título que já era um sonho distante, agora, foi-se junto com os arreios da mula cinza.

O Grêmio precisa jogar tudo contra o Atlético, que empatou neste final de semana com o Bahia. Não pode nem pensar em tomar um resultado como o do Couto Pereira.

Menos mal que Rhodolfo, Souza e Ramiro estarão de volta. No entanto, não podemos esquecer as ausências de Vargas, Barcos e Kléber. Será um jogaço.

Nesta segunda-feira, estarei debatendo os resultados da Dupla e projetando Atlético Paranaense x Grêmio pela Copa do Brasil na rádio Grenal AM 780 e 101,9 FM.

Inter perde e Abel vem aí

out-27th-2013

por

Não bastassem a má fase, a falta de sorte, a crise técnica de alguns jogadores importantes, os equívocos e a inexperiência da comissão técnica juntamente com a direção de futebol, o Inter ainda teve o prejuízo da arbitragem, neste domingo.

Houve vários lances polêmicos, mas o do primeiro gol do São Paulo foi um erro grave do assistente do árbitro da partida. Aloísio estava totalmente impedido quando recebeu para abrir o placar.

Nada mais pode ser feito em termos de classificação para a Libertadores da América. A direção de novatos não soube passar ao Clemer o que de mais básico existe quando um time está em baixa.

Primeiro passo é não perder. O segundo é jogar mal e vencer. E o terceiro é jogar bem e, também, ganhar as partidas. Exatamente o que foi feito pelo Grêmio de Fábio Koff e Renato.

Penso que, agora, até mesmo as pedras do Beira-Rio sabem que o ano que vem precisa ser planejado. E tudo começa pelo técnico Abel Braga, segundo informa a grande mídia.

Para Abel, a identidade com a camisa vermelha fala mais alto. “Tudo que se trata de Inter tem um significado diferente. Não existe negativa, de dizer ‘não’ pro Inter. Não tem como. É como Muricy Ramalho dizer ‘não’ pro São Paulo. A identidade é muito grande”, disse.

Pergunta: será uma boa a vida de Abel Braga para comandar a “varredura” no Internacional? Gostaria que vocês opinassem com argumentos.

Valeu.

Dida fecha o gol e Grêmio avança na Copa do Brasil

out-24th-2013

O desânimo do Luciano do Vale e da equipe da Band foi constrangedor. Isso que a decisão da vaga entre Grêmio e Corínthians estava sendo transmitida para o estado do Rio Grande do Sul, inclusive.

Mas o que interessa mesmo é que o Grêmio está na próxima etapa da Copa do Brasil. Nós preconizávamos. Era improvável que tivésssemos um Gre-Nal.

O Tricolor enfrentará o Atlético Paranaense, que eliminou o Inter. Dida foi o grande nome da Arena. Deu a vaga para o time gaúcho. Defendeu três pênaltis! É verdade, também, que o Pato ajudou atrasando a bola para ele na sua cobrança.

E tinha gente que falava que Dida tinha desaprendido. Elano demonstrou grande profissionalismo. Mesmo preterido por Renato, o meia cobrou com precisão superando Walter.

Lembrando que nos noventa minutos Grêmio e Corínthians empataram, de novo, sem gols. Nos pênaltis a classificação veio nos pênaltis por três a dois.

Duvido que a equipe gaúcha deixe de chegar, ao menos, na final. Não vejo futebol na representação paranaense para eliminar o Tricolor. O Grêmio tá dentro! O Grêmio é especialista neste tipo de competição.

É o único que pode se tornar pentacampeão!!! O Grêmio é o Rio Grande do Sul na Copa do Brasil, tchê! Bebam, comemorem, abracem quem estiver ao seu lado, não dirijam!

Dá-lhe Grêmio!!!

Editado: o primeiro jogo com o Atlético será no Paraná, quarta que vem. A partida de volta será dia 6 de novembro na Arena.

Não acredito em Gre-Nal nas semifinais da Copa do Brasil

out-22nd-2013

Inegavelmente seria ótimo para todos nós que vivemos do futebol que tivéssemos um clássico Gre-Nal na próxima fase da Copa do Brasil.

Mas, sinceramente, eu não acredito que ambas as equipes avancem para as semifinais da competição. Uma das duas deverá ser eliminada nesta quarta-feira. É apenas um palpite misturado com opinião e informação.

Penso que o caminho gremista é mais difícil do que o desafio colorado. Apesar do Tricolor jogar na Arena e ter empatado a partida de ida em zero a zero com o Corínthians.

O Atlético Paranaense faz uma surpreendente campanha no campeonato nacional, mas terá vários desfalques contra o Inter, além de ter sido goleado pelo Goiás, no Serra Dourada, no último final de semana.

O Grêmio tem a seu favor, também, a estatística de historicamente ter se dado bem diante do time de Parque São Jorge, em confrontos pela Copa do Brasil.

Foram cinco enfrentamentos em partidas de ida e volta e o clube gaúcho levou a melhor em quatro. O Corínthians somente levou a melhor em 95, quando foi campeão aqui no Olímpico.

De ruim fica o fato do Corínthians estar tentando sair da crise técnica, enquanto o Grêmio procura sair da crise política entre os presidentes Koff e Odone.

Opinem.