Vargas pode custar um milhão de euros por seis meses

mai-29th-2013

O Grêmio pagou mais de um milhão de euros de empréstimo para contar com Eduardo Vargas por um período de um ano.

Mas se o jogador tiver que retornar no meio da temporada, nenhum desconto do valor inicial será dado pelo Napoli, segundo consta no contrato assinado.

Ou seja, se Vargas estiver, novamente, incluído nos planos do futebol italiano, o Grêmio terá desembolsado pouco mais de milhão de euros por menos seis meses de Vargas.

A direção e o empresário do jogador decidiram correr este risco em virtude da concorrência de vários outros clubes como: São Paulo, Flamengo e Cruzeiro, entre os brasileiros.

Apesar de Vargas pretender continuar aqui no Brasil, a situação está indefinida porque o técnico italiano Walter Mazzarri deixou o Napoli e foi para a Internazionale de Milão.

O novo treinador do Napoli é o espanhol Rafael Benítez Maudes, de 53 anos. Ninguém ainda sabe exatamente sobre os planos dele.

A favor de Vargas, além da sua própria vontade de permanecer no Grêmio, está a questão da ocupação das vagas de jogadores extra-comunitários.

O ruim é que o novo comandante, Rafa Benitez, fala espanhol, seria um facilitador em termos de comunicação com o atleta, e o clube de lá conta com uma gestão voltada somente para o lucro.

Foram mais de doze milhões de euros pagos pelo Napoli pela transferência do jogador Campeão da Sul-Americana pela La U. Vargas assinou por cinco anos e tem mais três anos e meio a cumprir.

O Napoli tem um prazo para solicitar o retorno de Vargas para a Itália que termina em meados do mês que vem. O Grêmio contratualmente também tem a opção de comprá-lo.

Mas é um valor alto e isso somente poderia se concretizar com a presença de investidores. O que fazer, meus ídolo máximos do futebol brasileiro?

Quem quiser falar comigo: vidarte@pampa.com.br
Ou me siga pelo @ricardovidarte

Comments are closed.